cover image of Mascarada

Sign up to save your library

With an OverDrive account, you can save your favorite libraries for at-a-glance information about availability. Find out more about OverDrive accounts.

   Not today

Search for a digital library with this title

Title found at these libraries:

Loading...
Durante o carnaval em Veneza, todos são anônimos e o Marquês passado uns dias, a festa começa a aborrecê-lo, até os encantos sedutores da sua amante de olhos escuros, já o tinham desencantado um pouco. Mas no meio daquele desfile, eis que uma dama se aproxima do Marquês de Melford e apresenta-se como Caterina. Mas por trás da sua máscara, ele repara nos seus olhos tristes, e como fala da saudade que sente da Inglaterra, vendo o quanto seus lábios são desejáveis, mas ela é apenas uma doce visão no meio daquela loucura de Veneza, pois logo a seguir, ela desaparece. O Marquês fica pensando naquela mulher misteriosa. Quando volta para o seu yate e dá ordem para zarpar, mal imagina que o vento e o mar, apesar de se anunciarem calmos, irão trazer as emoções mais violentas de toda a sua vida. Um barulho constante e abafado no yate, perturba os pensamentos do Marquês. Parecia vir do grande armário pintado, encostado na parede de um dos espaços do navio. Quando ele abre as portas de um dos armários, o Marquês fica surpreso ao descobrir uma bela jovem clandestina, encolhida a um canto, a mais bonita dama que o Marquês havia visto até então... com ar frágil, de olhos azuis e cabelos dourados. Era Caterina. Estava fugindo de um casamento não desejado, escondendo-se no yate do Marquês a caminho de Inglaterra. Mas o Marquês mal podia imaginar as aventuras que ambos iriam passar, enfrentando piratas da Barbária... como a escuridão de uma prisão em Túnis... e que perdido no mar, estava perdido nos braços quentes de uma linda mascarada, e neles, iria encontrar o verdadeiro amor...
Mascarada